.mais sobre eles

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Letra - Dançarás Comigo

. Parabéns Carlos

. Feliz Aniversário - João ...

. Qual É O Teu Excesso? - 2...

. Qual É O Teu Excesso? - 1...

. Feliz Aniversário - Duck

. Letra - Quem me dera sabe...

. O Regresso Dos Excesso 2º

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

Excesso A Vos Do Coração 4º

Portugal

- Os amigos podem ser amantes?

- Portugal: Eu acho que sim, desde que ambos tenham vontade de que isso aconteça.

- Achas que o amor faz girar o mundo?

- Portugal: Claro que sim. O amor é um sentimento muito, muito importante.

- Alguma vez te apaixonaste pela namorada do teu melhor amigo?

- Portugal: Nunca me aconteceu nada parecido.

- Pode morrer-se por amor?

- Portugal: Penso que sim, mas acho que isso acontece quando as pessoas estão numa situação limite e sem um pingo de amor próprio, o que é muito mau.

- Porque pensa que isso acontece?

- Portugal: Por exemplo, há pessoas que amam tanto a outra que deixam de gostar delas mesmas e passam a viver só para o outro. Isso é uma verdadeira obsessão e, se as coisas algum dia correrem mal, pode ser complicado.

- Pode estar-se apaixonado por duas pessoas ao mesmo tempo?

- Portugal: Acredito perfeitamente que isso possa acontecer.

- Porquê, já te aconteceu a ti?

- Portugal: Não, mas já soube de várias histórias sobre este assunto.

- Achas que o primeiro amor é o melhor?

- Portugal: O melhor, melhor não. Mas sou capaz de dizer que, de todos, é o mais inesquecível e que é também muito bonito e emocionante.

- Vale a pena lutar por um amor aparentemente impossível?

- Portugal: A minha resposta a esta pergunta não poderia ser outra: vale sempre a pena lutar por tudo aquilo que se deseja e de que realmente se gosta.

- Como lutarias tu?

- Portugal: Acima de tudo tentava ser eu e não entrar em exageros.

- Concretamente como pedirias namoro a uma rapariga?

- Portugal: Hum…! Não sei tudo depende. Pedir namoro a alguém é algo muito delicado, por isso não te posso dizer exactamente como o faria. Não é como tirar uma coca-cola de uma máquina, é muito mais complicado e delicado.

- Quem conquistarias?

- Portugal: Uma pessoa especial.

- O que poderias chegar a fazer por alguém que amas?

- Portugal: Acima de tudo tentava fazer essa pessoa feliz e tentava transmitir-lhe o meu sentimento sem artifícios.

- E como é que se alimenta o amor?

- Portugal: Com doses adequadas de muito bem estar, sinceridade, diálogo e magia, que é também muito importante.

- A melhor prenda para o dia dos namorados é?

- Portugal: Um sorriso, uma flor e um beijo terno.

- Vamos ser mais curiosas, como foi o teu primeiro beijo?

- Portugal: Eu tinha apenas 11 anos e foi com uma rapariga que era 6 ou 7 anos mais velha do que eu. É claro que mexeu muito comigo. Lembro-me que fiquei muito, muito corado.

- Há amores para toda a vida?

- Portugal: Há, sim.

- Neste momento estás a viver algum?

- Portugal: Com a minha família.

- Portanto para a parte menos agradável do amor, diz-me eras capaz de perdoar uma rapariga que te fosse infiel?

- Portugal: A minha resposta a esta pergunta é o mais directo e simples possível. Não.

- Amar é sofrer?

- Portugal: Não. Amar e ser amado é viver em plena alegria.

- Já choraste por amor ou por desamor?

- Portugal: E quem não?

 

sinto-me: Bem
música: Silêncio
tags:
publicado por excesso às 23:45

link do post | comentar | favorito